Falando sobre Exílios planetário, realidades holográficas, seres extraterrestres no passado, papel de Jesus, paple das religioes e a libertação que precisará agora ser feita de todas estas antigas crenças que sejam limitantes para fins conscienciais.
Acompanhe aqui uma análise da questão dos Exílios planetários que nos trouxeram para as encarnações na Terra e uma analise de como o Conhecimento vem sendo transmitido através desta antiga época. O Velho e o Novo Testamento e o papel das religiões nestes tempos, mas também um novo Conhecimento sendo estruturado na época atual, que poderíamos chamar de o Terceiro Testamento.

São milhares de anos de história desta atual humanidade, regados de sofrimentos profundos onde está ocultada uma história cósmica pouco conhecida, mas revelada em muitas literatura ocultas, onde se refere à história de nossas origens cósmicas. A história fala de um grupo multi-racial originado de um outra realidade paralela, que foi “encarnado” aqui na Terra sob a forma de aprisionamento após eventos de uma grande guerra, mediante um processo tecnológico e holográfico,sob uma única raça denominada de Humana.

Esperava-se que a ilusão de estarem todos sob um aparente mesmo tipo de corpo físico, fosse ser o suficiente para eliminar os sentimentos que motivaram este grande e negativo evento estelar, relacionados com desejos de Poder pelo Poder, racismos, fanatismos e uso de tecnologia e magia neste distante e complicado passado Cósmico que é relatado que possuímos. O motivo de ser desconhecido é porque, neste processo chamado de encarnação, ele foi apagado temporariamente de nossa memória atual, e que somente nestes tempos presentes, vemos esta história sendo novamente falada nos âmbitos espirituais aqui da Terra.

Na verdade, somos todos seres extraterrestres aqui na Terra, originários de muitas raças diferentes, mas vivendo por uma estratégia destes Administradores do Projeto Terra, nestes corpos chamados de raça humana, que é uma miscigenação genética desenvolvida pelos Seres da Hierarquia. Estes seres participando do que se conhece como A Hierarquia, estão revelados no Livro de Urântia e em outras fontes também, e são conhecidos como Voronandeques, que envolveram o genoma de 22 raças cósmicas diferentes, inclusive as da descendência Luciferiana na constituição de nossa genética espiritual atual – o GNA, que veio habitar a genética biológica que conhecemos – o DNA.

Prestem a atenção que, muitos destes assuntos aparentemente “malucos”, aparecem sendo mencionados no evento das Crianças Cristais ou Crianças das Estrelas … não são coisas de criança que eles falam… são antecipações de novos conhecimentos e informações, advindos de uma liberação administrada pela Hierarquia que controla a Terra… se trata de uma planejada liberação do conhecimento que até então ficou ocultado de todos… de posse somente das sociedades esotéricas.

O VELHO TESTAMENTO, numa leitura e análise profunda, se mostrará – somente para os bons estudiosos e não somente leitores – recheado de um óbvio conjuntos de eventos com a participação de seres extraterrenos aqui conosco, interferindo nos destinos e problemas humanos e sendo tomados como Deus ou Deuses nesta antiguidade.

E isso aconteceu em todos os lugares do planeta, e não somente nos locais dos povos bíblicos. As evidências são impressionantes, para não dizer impossíveis de não serem aceitas pelos que estudam de fato… mas mal exploradas para contar para as pessoas que não tiveram a oportunidade de se aprofundarem neste tipo de assunto. A humanidade deste passado foi envolvida nas imensas guerras entre estes diversos “Deuses”, que eles promoveram aqui no planeta pelo domínio geográfico que disputavam. A humanidade era envolvida tomando parte delas através das manipulações religiosas que nos mantinham sob seu domínio… e isso formou as religiões que instituíram aqui neste passado e que após a saída destes seres aqui da Terra, permanecem como as antigas religiões até hoje.

Mas quando eles foram embora daqui, antes da chegada de Cristo no Planeta, estes fanatismos continuaram operando e muitos destes povos ainda continuam, mais de dois mil anos depois, a guerrearem entre si, numa perpetuação inconsciente das antigas guerras de seus Senhores estabelecidas pelas religiões deste passado. O que se vê relatado nas milhares de antigas escrituras que sobraram daqueles tempos, são relatos da realidade feitos por pessoas que escreveram o que viam. Não são mitologias, mas uma documentação realizada por uma humanidade que não tinha conhecimento suficiente do que estes seres eram e de sua tecnologia desconhecida para eles na época, onde nem tinham palavras para descrever naves e armas que viam. E este fato é o que torna para nós hoje, difícil de acreditar que não se tratam de mitologias.

Mas então veio o NOVO TESTAMENTO, a chegada de um novo Ser que teria encarnado no planeta, e pelo minha visão, o intento oculto deste Avatar seria unificar a grande guerra humana feita pelas religiões implantadas pelos Extraterrestres, os falsos Deuses deste passado. Dizer que não existia aquele monte de deuses cobrando muitas coisas de cunho material dos homens, mas somente uma única referência espiritual externa que oferece somente amor. Paralelo a isso, parece que a Hierarquia, representada pela chamada Confederação Estelar, estiveram por aqui e ordenaram que todos estes povos invasores da Terra, saíssem do planeta, pois eles sumiram daqui de uma hora para outra, sem deixar nenhum bilhetinho de despedida para ninguém… Levaram suas armas e sua tecnologia, e quase nada sabemos mais sobre eles a não ser nas claras evidências arqueológicas que estão disponíveis para os que tem fome de desvendarem este passado já esquecido e oculto da humanidade.

Pois foi depois disso que Cristo veio, e deu um novo rumo para a bagunça que aqui estava instalada… disse que não existia aquele monte de Deuses que castigavam seus seguidores, mas somente Um, amoroso, a ser respeitado, que ele na ocasião chamou de Pai… Pai de quem? Não sabemos ainda, pois este Ente Celestial nunca se fez presente e é dito que não cabe aos homens da Terra saberem mais sobre sua natureza ou a sua obra. Melhoramos a crença… mas instalamos novos fanatismos. A esperança de um dia melhor… One Fine Day … continua sendo depositada na crença de um Salvador que ainda retornará… para nos tirar da miséria humana e contar a nós sobre o mistério de Deus!

Mas acho que na verdade, ninguém virá salvar ninguém aqui. A história que trata do assunto dos Exilados é confusa e com certeza incompleta e cheia de manipulações políticas destas Hierarquias. Quanto a nós, para quem entende como o Processo Encarnacional está codificado, fia fácil entender que não teria lógica alguém vir consertar as porcarias que cada um andou fazendo por aqui no passado… Por uma questão evolutiva da Consciência, e não por questões religiosas, cada um terá de resolver os seus próprios problemas espirituais (ou ético) ou sairá daqui com a mochilinha preparadinha para um novo Exílio (ou um novo Holograma Encarnacional)… num planetinha nojento qualquer… como nos alertou o Exu Veludo de Robson Pinheiro em um de seus ensinamentos para nós!

Para os curiosos sobre isso, a realidade de nossas origens está parcialmente contada na história dos Exilados de Capela, nossa real condição de prisioneiros da Confederação Estelar, depositados aqui na Terra, um holograma virtual, na tentativa de curar os loucos, apaziguar os irados e convencer as mentes questionadoras das Divindades através de uma submissão religiosa instalada por uma Rede Neural global simulada a partir da tecnologia dos Anciões de Dias.

As religiões estão aqui por um motivo, não são propriamente criações humanas, pois este tipo de efeito psicológico profundamente interferente, só se instala na Terra quando há uma permissão externa para isso, por esta chamada Hierarquia, que controla o Holograma terreno. No plano de 4° Dimensão de nosso espaço dito ser físico, estão as matrizes destas Egrégoras religiosas, que lançam seus braços para o ambiente de 3° Dimensão em que vivemos aqui.

O papel das religiões deve ser amparar a humanidade para seguir uma linha de condução com tendência ao bem, e não importa neste momento, se gerarão cegueira e mentalidade de rebanho através do fanatismo religioso… Afinal de contas isso poderá ser “consertado” depois, numa segunda etapa da Terra, de mais encarnações direcionadas para este fim. Podemos estar falando de mais algumas centenas de anos para quem precisar mesmo resolver esta sequela que pode acarretar as religiões, em seu processo pessoal… Mas se necessitarmos estar neste novo rebanho de descontaminação dos fanatismos humanos no futuro, é bom que se saiba que teremos de começar tudo de novo, a cada encarnação, do zero… conhecer de novo – se tiver sorte de conseguir – os limites das crenças, as questões religiosas e ter a oportunidade de que “caia” em sua frente novos Conhecimentos para que rompam o Emaranhamento Quântico com estas egrégoras energéticas. E isso somente não será assim, se a Hierarquia dominante da Confederação, mudar para aproxima etapa, após os eventos da Transição Planetária, a atual prática de amnésia aos que ficam sujeitos ao Processo Encarnacional dos Exílios Planetários.

Estou falando que isso significa que as crenças e fanatismos te prendem energeticamente decorrente dos vínculos psíquicos gerado pela adoração, a estas pessoas ou Egrégoras, e consequentemente, te vinculando novamente ao ambiente terreno de 3° Dimensão. Ou seja, ninguém vai te tirar daqui se tua Consciência estiver fanatizada… vai ter de encarnar de novo… e pelo que sei, um bom percentual da humanidade está ainda encarnando por causa de suas crenças passadas. Vejam que Osho dizia ao seu público, que não era para seguir cegamente a ninguém, nem mesmo a ele, e que ele não era mestre de ninguém. Pois os mestres ficam também presos aos seus discípulos… e vice e versa. Isso é o Emaranhamento Quântico funcionando no nível da Consciência!

O problema não é o que as religiões desejam realizar espiritualmente, pois isso sempre é positivo, mas o problema é o que as pessoas fazem com estas religiões. Estas pessoas é que distorcem e conduzem tudo para o lado político e do poder da vida terrena, para desejos separatistas de domínio espiritual sobre a humanidade, para objetos de manter seus fiéis cativos e ignorantes dos reais e maiores Conhecimentos, que se fossem acessados, iriam expor as crenças limitantes.

É normal as pessoas importarem crenças de outros povos, de outros tempos, seitas, religiões, doutrinas, e isso ocorre porque, inconscientemente, não se sentem capazes de se tornarem tendentes ao Bem sozinhas, com aquilo que as suas Almas trouxeram na sua mochilinha e que já possuem por natureza… Existe no inconsciente, ainda inseguro de si e não buscadores do Conhecimento, a esperança de uma salvação para o que fizeram em todo este passado Cósmico de que falamos, e mais o que aconteceu nestas muitas encarnações terrenas, e assim conseguirem sair ao reboque de alguém, do Holograma prisional em que nos encontramos.

É meio difícil perceber que, o desenvolvimento do Conhecimento com bom senso e nossos esforços por nos tornarmos Seres – tendentes pelo menos – do Bem, assim como a necessidade de se deslocar para a posição de Observador das intenções do que faz na vida, é que nos levará a uma real evolução e possibilidade de saída do Holograma em que vivemos aprisionados.
E entendo que isso não pode ser feito por nada que crie qualquer forma de limitação pessoal, robotização intelectual ou espiritual ou imobilização do Conhecimento que possa expandir nossa Consciência sobre si e sobre o Cosmos onde vivemos. Somos os observadores da vida na Terra e nossa Menta aqui está registrando o que pode ser aprendido nestas experiências pessoais e nas que vemos acontecendo com os outros.

Mas alguns de nós olham para tudo isso e percebem coisas… coisas que talvez não eram para serem percebidas… Coisas que podem ser tratadas como HERESIAS dentro de qualquer religião.

Num passado muito remoto, apagado da memória humana por terem decidido ocultar estes eventos perigosos, isso já aconteceu antes … e gerou os mencionados EXÍLIOS que Kardek, Edgard Armond, Shtarrer, Jam Vall Elam, Arguelles ou o Livro de Urantia e mais todo o Hermetismo abordam parcialmente nas suas obras. E este assunto, de questionar as Hierarquias e como elas controlam as Realidades, foram proibidos aqui na Terra e em toda a Via Láctea. Por isso que quase nada ainda foi plenamente revelado sobre este nosso passado Cósmico, a descendência Luciferiana, a natureza de nossa Realidade ou a de Deus.

Mas agora, alguém está permitindo que doses homeopáticas de informações possam ser acessadas, pois sabemos que o HOLOGRAMA TERRENO em que vivemos, pode ser manipulado por qualquer inteligência de fora dele ou que saiba como ele funciona. Estes “Alguéns” decidiram que o Conhecimento da Verdade não pode ser ocultado indefinidamente, ou não haverá amadurecimento e escolhas espirituais reais. Mas também não podem deixar que seja todo despejado de uma única vez… senão todo mundo iria simplesmente enlouquecer… se soubessem de fato, o que está por detrás desta Realidade que achamos que estamos vivendo nela… bem como de tudo o que envolve a história passada de nossa humanidade, e das Hierarquias, da tecnologia existente fora da Terra, das raças extraterrestres na Via Láctea, dos Umbrais terrenos… e também sobre os mistérios não falados sobre as Divindades. Na verdade, nós não sabemos nem 10% sobre tudo isso que se oculta nos mundos suprafísicos. Alice Bailey comentou no Livro Ilusão Problema Mundial: “Conhecer a realidade é algo aterrorizante!” No curo de Astropsicologia é explorado um pouco sobre tudo isso, pois é fundamental entender os vínculos de nossas origens com todos estes eventos ocultos e como a Astrologia participa neste mecanismo todo como uma ferramenta entregue pela Hierarquia aqui na Terra para que consigamos agora, recuperar um pouco do sentido e o propósito de estarmos aqui.

Muitos de nós acham que já estamos numa Era do que poderíamos chamar de o “TERCEIRO TESTAMENTO”, uma época de revelações inusitadas que se engrenam gradualmente no anseio pela Verdade de tudo, não mais por crenças… mas pelo CONHECIMENTO saudável, pela eliminação da necessidade de termos de ser fanatizados com explicações espirituais que começam a não caber mais em nossa INTELIGÊNCIA atual.

Quando olhei pela primeira vez Stephen Hawking falando sobre Deus, eu me choquei… e as pessoas religiosas com certeza pensam: – “Por isso que ele está assim!” Porém, no mundo não vemos distinção entre gente com problemas físicos do tipo religioso ou ateu. Ele é uma mente excepcional no mundo atual, herdeiro da cadeira que pertenceu a Sir Isaac Newton em Cambridge… O que este cara andou vendo por aí no mundo quântico e na Cosmologia para pensar assim? E o que as ciências quânticas nos trazem agora, que Cientistas do Amor, como Gregg Braden, estão começando a nos mostrar? Um elo final está sendo rompido para o entendimento do que está oculto nas realidades espirituais, a questão dos Hologramas e das multidimensionalidades que não conseguimos ainda acessar… mas somente porque não nos deixam acessar a tecnologia para isso. Pois é… a tecnologia também é controlada aqui… tanto pela Hierarquia quanto pela chamada Loja Negra que luta contra os propósitos desta outra Hierarquia nas dimensões paralelas próximas a nossa. Ocultamente aos nossos olhos, os humanos são o palco desta disputa dita ser espiritual… somos disputados palmo-a-palmo entre estas duas Forças, envoltos em fanatismos, religiões, manipulações e politicagens de tudo quanto é tipo. O TERCEIRO TESTAMENTO poderia ser entendido como um conjunto de novos Conhecimentos que nos situarão na vida e no Cosmos, na Natureza real da Realidade em que momentaneamente existimos agora… uma necessidade de tirar os véus do ocultismo pelas mãos do Conhecimento.

As religiões não terão muito mais espaço no futuro, porque já cumpriram o seu papel junto a humanidade.
Isso não é um discurso novo… já era dito pelo mentor de Alice Bayley deste os anos 50, onde ele prenunciou isso para esta Nova Era… Osho já falava que toda a religião escraviza… e por isso foi execrado por muitos, por isso o envenenaram… Mas acho que ele não estava muito aí para estes ódios… ele tinha um papel para fazer, e com certeza fez! Seus 600 livros e a sua estada em residência por 21 países dizem isso…
Devemos cuidar quando as religiões afogam o Conhecimento que chega e não deixam mais nada passar pelas fronteiras que criam para a manutenção de seus discípulos… Não aceitam que uma Nova Era tem de iniciar a qualquer momento – a Era de Aquário – livre de dogmas e de quaisquer tipos de crenças que sejam limitantes… mas uma era de conhecimentos direcionados pelas NOVAS CIENCIAS que podem criar uma consciência de respeito vindo do entendimento da realidade da existência.

Perceba que nenhuma religião pode dizer não aos seus dogmas, pois com isso estará dizendo que a outra religião rival tinha razão. É uma questão de inteligência de análise … Se a Igreja aceitar a Reencarnação, estarão dizendo que os Espíritas tinham razão… Se os Espíritas aceitarem que os Exus são o Comando de Luz nas Dimensões Umbralinas, estarão dizendo que a Umbanda tinha razão… e assim este “rosário” se estende… o desejo de poder político dentro destas instituições não permitem isso, mesmo que espiritualmente não seja isso que era para fazerem.

Parece que, AOS POUCOS, começa a chegar um tempo novo, e vejo pessoas buscando explicações espirituais melhores para si, de um novo conceito existencial mais aberto e mais inteligente. E mesmo que isso não será experienciado cientificamente com tecnologia aqui nesta Terra atual, será aqui o DESPERTAR para isso…Me lembro neste instante da música UM INDIO, de Zé Ramalho, onde ele fala que uma nave chega aqui e um “Índio” sai para nos contar sobre realidades que não serão EXÓTICAS com se esperaria de um Ser Cósmico, mas que acaba falando de coisas que sempre estiveram aqui, ocultas, sendo porém óbvias… coisas que estavam a todo instante diante de nossos narizes e que nunca nós conseguimos perceber.

Fazer parte deste TERCEIRO TESTAMENTO implica em estudar muito, mas nas fontes confiáveis, aquelas descontaminadas de limitantes por dogmas, e com isso querer se libertar de qualquer culpa e de qualquer forma de submissão e condicionamentos religiosos a que se possa ter sido submetido em toda história espiritual atual e passada. Uma vez um Exu me falou que quando acessamos algo de Conhecimentos mais sigilosos, é porque alguém autorizou… Então podemos sim escolher este caminho na vida atual… já não se torna mais necessário para muitos daqui, os dogmas e crenças do passado!

Que venha então este Índio, em átomos, palavras, gestos, cor, cheiro, sombra e luz… magnifico… impávido, apaixonado… tranquilo e infalível como Bruce Lee.
O ÓBVIO SOMENTE É ÓBVIO PARA OLHOS TREINADOS!

Danilo Noronha

Deixe um Comentário